sexta-feira, 12 de maio de 2017

Congresso Internacional : A imprensa como fonte para a história da interpretação musical

CONGRESSO INTERNACIONAL | 18 - 20 maio '17 | Auditório | Entrada livre | Programa


O congresso internacional “A imprensa como fonte para a história da interpretação musical” constitui a quinta reunião científica promovida pelo grupo de trabalho “Música y Prensa” da SEdeM que, com uma periodicidade anual, se tem reunido para partilhar investigações de carácter musicológico baseadas no uso de fontes hemerográficas. Depois de quatro encontros em Espanha, esta quinta edição assume um âmbito ibérico, realizando-se em Lisboa, na Biblioteca Nacional de Portugal, em colaboração com o grupo “Estudos Históricos e Culturais em Música” e a linha temática “Abordagens Históricas à Performance Musical” do INET-md (FCSH-NOVA).

A imprensa documenta numerosos aspectos que se relacionam com a interpretação musical, especialmente no contexto de manifestações de carácter público, tais como o concerto. A crítica musical em particular constitui uma fonte importante para o estudo de questões de carácter performativo, assim como para entender os esquemas de percepção, os valores e as expectativas que formam parte dos processos de recepção configurados nas referidas manifestações. Os investigadores reunidos neste programa vão estudar temáticas diversas, entre as quais, se destacam as seguintes: o corpo do intérprete e questões de género; repertórios e correntes interpretativas; o músico como celebridade; a figura do virtuoso; e as relações entre profissionais e diletantes.

Contactos
cristina.fernandes@fcsh.unl.pt
teresa.cascudo@unirioja.es

Sítio web

Organização
Sociedad Española de Musicología (Grupo de Trabajo “Música y Prensa”); Instituto de Etnomusicologia; Centro de Estudos em Música e Dança (INET-MD), da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (Grupo “Estudos históricos e culturais em Música”)

Em colaboração com
Grupo de investigação “Musicología aplicada al concierto clásico (siglos XVIII-XXI). Aspectos históricos, productivos, interpretativos e ideológicos” (Proyecto I+D HAR2014-53143-P concedido pelo Ministerio de Economía y Competitividad e com sede na Universidad de La Rioja)


[Fonte: www.bnportugal.pt]

Nenhum comentário:

Postar um comentário