sexta-feira, 10 de março de 2017

Festival de Cinema de Guadalajara presta homenagem a Paulo Branco

O produtor português Paulo Branco será homenageado na edição deste ano do FICG, o Festival Internacional de Cinema de Guadalajara, no México, um dos mais importantes na América Latina.

Escrito por Zita Ferreira Braga
 
Paulo Branco estará presente no FICG para acompanhar esta homenagem, que inclui a exibição de dez obras produzidas por si: “Até Nunca”, “Cosmopolis”, “Cosmos”, “Juventude”, “Cidade Branca”, “O Quarto Azul”, “Os Belos Dias de Aranjuez”, “Esta Noite”, “Os Mistérios de Lisboa” e “O Tempo Reencontrado”.

Georgina Furber Avila, coordenadora de Programação do FICG, destaca em comunicado: “Para Paulo Branco o cinema é mais do que apenas entretenimento; é um espelho da identidade e da cultura de cada país, uma janela para a visão do mundo de cada artista e cineasta. Ao distribuir e exibir filmes independentes, que os investidores mais cautelosos recusariam por serem projectos não comerciais, e por acreditar em novos talentos, Branco ajuda a preservar e dar visibilidade internacional a estes testemunhos culturais. (...) Com mais de trinta anos de carreira e uma filmografia com mais de 270 filmes, Branco é hoje um dos produtores independentes mais prolíficos e criativos na Europa.”

O FICG, um dos festivais da América Latina com mais relevo na agenda internacional, terá lugar este ano entre 10 e 17 de março.
No início deste mês, PAULO BRANCO esteve presente no Qumra Masters, um evento promovido pelo Doha Film Instittute, para uma masterclass onde partilhou histórias sobre o seu trabalho como produtor dos filmes de Wim Wenders ou Manoel de Oliveira, como destaca a revista Screen Daily.


[Fonte: www.hardmusica.pt]

Nenhum comentário:

Postar um comentário