quinta-feira, 1 de junho de 2017

Exposição de livros e exibição de filmes homenageiam a cultura sefardita e Ángel Sanz Briz


A Biblioteca Pública do Paraná, o Instituto Cervantes de Curitiba e o Instituto Judaico-Brasileiro Bernardo Schulman promovem, de 1º a 18 de junho, uma exposição de livros e painéis sobre a cultura sefardita (judeus originários da Espanha e Portugal) e a vida do diplomata espanhol Ángel Sanz Briz (1910-1980). A abertura da mostra acontece no dia 1.º de junho, às 18h30, no hall do segundo andar da biblioteca com entrada gratuita. Realizado em homenagem aos 10 anos do Instituto Cervantes, o evento também conta com a parceria da Embaixada da Espanha no Brasil.
 
A exposição apresenta livros de vários autores de origem sefardita, além de obras sobre a vida de Ángel Sanz Briz, diplomata que ficou conhecido como “Anjo de Budapeste” ao salvar mais de 5 mil judeus húngaros durante a Segunda Guerra Mundial.

Nos dias 2, 5 e 6 de junho serão exibidos, no auditório da BPP, dois filmes sobre a vida de Sanz Briz: o longa El ángel de Budapest, de Luis Oliveros, e o documentário La encrucijada de Ángel Sanz Briz, de José Alejandro González Baztán. As exibições acontecem em sequência a partir das 14h.

Sanz Briz
Nascido em Saragoça, Espanha, Ángel Sanz Briz servia como agente diplomático na Hungria, em 1944, quando proporcionou salvos-condutos espanhóis a judeus perseguidos pelos nazistas. Sua atividade cessou quando, em dezembro de 1944, retornou à Espanha. Ele conseguiu resgatar mais de 5 mil judeus. Desde então, é conhecido como “O Anjo de Budapeste”. Sanz Briz morreu em 1980, na Itália.

Serviço
Exposição de livros sobre a cultura sefardita e Ángel Sanz Briz
Abertura: 1º de junho, às 18h30, no 2º andar da BPP (R. Cândido Lopes, 133, Centro – Curitiba PR). Até 18 de junho
Exibição de filmes sobre Sanz Briz: 2, 5 e 6 de junho, às 14h, no Auditório da BPP
Gratuito
Mais informações: (41) 3221-4974

[Fonte: http://www.bpp.pr.gov.br]

Nenhum comentário:

Postar um comentário