sexta-feira, 9 de junho de 2017

Nova York passa a reconhecer 31 gêneros diferentes

A Comissão de Direitos Humanos de Nova York (EUA) decidiu oficializar a multiplicidade das identidades de gênero, e passou a reconhecer 31 diferentes tipos de gêneros.


A medida é ampla e irrestrita: no lugar de somente duas ou três identidades oficiais, a Comissão apontou nada menos que trinta e uma nomenclaturas de gênero para serem usadas em âmbitos profissionais e oficiais.

E quem se recusar a chamar uma trans mulher de "ela", por exemplo, pode ser punido.
A regra é simples: “Recusa intencional ou repetida em usar um nome, pronome ou título preferencial ao indivíduo. Por exemplo, insistir em chamar um transgênero mulher de ‘ele’ ou ‘senhor’, mesmo que ela tenha deixado claro o pronome e título que prefere”.
Confira abaixo os 31 tipos de gênero elencados por Nova York:
Bi-Gendered (bigênero)
Cross-Dresser
Drag-King
Drag-Queen
Femme Queen
Female-to-Male (fêmea para macho)
FTM
Gender Bender (gênero fronteiriço)
Genderqueer
Male-To-Female (macho para fêmea)
MTF
Non-Op
Hijra
Pangender (pangênero)
Transexual/transsexual
Trans Person (pessoa trans)
Woman (mulher)
Man (homem)
Butch
Two-Spirit (espirito duplo)
Trans
Agender (sem gênero)
Third Sex (terceiro sexo)
Gender Fluid (gênero fluido)
Non-Binary Transgender (transgênero não binário)
Androgyne (andrógena)
Gender-Gifted
Gender Bender
Femme
Person of Transgender Experience (pessoa em experiência transgênera)
Androgynous (andrógeno)

[Ilustração: GENERO2 - fonte: www.catracalivre.com.br ]

Nenhum comentário:

Postar um comentário