quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

A potência do cinema de Pedro Costa e Víctor Erice na CAIXA Cultural

Mostra Ficção Viva traz à capital paranaense obras da Pedro Costa e Víctor Erice, dois dos maiores cineastas de Portugal e da Espanha, respectivamente. Ao todo, serão exibidos 20 filmes em 15 sessões, entre curtas, médias e longas-metragens.


Escrito por Paulo Camargo

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, a partir de hoje até 12 de fevereiro, a Mostra Ficção Viva Pedro Costa & Víctor Erice, que traz à capital paranaense obras de dois dos maiores cineastas de Portugal e da Espanha, respectivamente. Ao todo, serão exibidos 20 filmes em 15 sessões, entre curtas, médias e longas-metragens. As exibições serão em três horários com entrada franca: às 14h, às 16h30 e às 19 horas.
Depois das exibições das 19 horas, a sessão será comentada por críticos, como a espanhola Clara Sanz, especialista na obra de Erice; a portuguesa Patrícia Saramago e os brasileiros Matheus Kerniski e Victor Guimarães. O diretor Pedro Costa estará em Curitiba e comentará no próximo sábado O Sul (1983), de Erice. Domingo, o cineasta e a montadora Patrícia Saramago falarão sobre No Quarto da Vanda (2000), do realizador português.
A mostra faz a retrospectiva do trabalho dos diretores em cinco décadas de produção. Vale citar entre os longas programados o clássico O Espírito da Colmeia (1973), de Erice. No filme, que pode ser lido como uma metáfora sobre a ditadura do general Francisco Franco, se passa na década de 1940 e conta a história de duas crianças que, em um vilarejo no interior da Espanha, assistem a Frankenstein e ficam obcecadas pelo monstro criado pela escritora britânica Mary Shelley.
Entre os filme de Costa, talvez o nome mais vigoroso do cinema português contemporâneo, vale citar o original e pertinente Cavalo Dinheiro (2014), uma potente obra sobre a imigração luso-africana em Portugal que deu ao cineasta o prêmio de melhor direção no Festival de Locarno (Suiça), entre outros inúmeros prêmios internacionais. Em 2014, o longa teve uma exibição em Curitiba no Festival de Cinema da Bienal Internacional de Curitiba (FICBIC).
A Mostra Pedro Costa & Víctor Erice exibirá quatro longas de Víctor Erice, oito de Pedro Costa, um trabalho realizado em conjunto e duas sessões com seus curtas. Um dos filmes da mostra é do diretor Aurélien Gerbault. Em Tudo Refloresce, Gerbault retrata as filmagens de Juventude em Marcha (2006), de Pedro Costa. A exibição do documentário acontecerá no sábado (11), às 16h30, logo depois da projeção de Juventude em Marcha, às 14 horas.
o espírito da colmeia mostra caixa cultural
Clássico do cinema espanhol, O Espírito da Colmeia poderá ser visto na tela grande.

Programação

8/02 (quarta-feira)
14h: O SANGUE (95’), de Pedro Costa – 1989
16h30: CASA DE LAVA (105’), de Pedro Costa – 1994
19h: SWEET EXORCIST (25’), de Pedro Costa, e VIDROS PARTIDOS (37’), de Víctor Erice
9/02 (quinta-feira)
14h: Curtas-metragens de Víctor Erice: ALUMBRAMENTO | LA MORTE ROUGE | ANA: TRÊS MINUTOS (47’) – 2002 – 2006 – 2011
16h30: NE CHANGE RIEN (100’), de Pedro Costa – 2009
19h: ONDE JAZ O TEU SORRISO? (102’), de Pedro Costa – 2001
Sessão comentada por Patrícia Saramago e Victor Guimarães

10/02 (sexta-feira)
14h: O SOL DO MARMELO (EL SOL DEL MEMBRILLO) (134’), de Víctor Erice – 1992
16h30: OSSOS (97’), de Pedro Costa – 1997
19h: O ESPÍRITO DA COLMEIA (EL ESPÍRITU DE LA COLMENA) (98’), de Víctor Erice – 1973
11/02 (sábado)
14h: JUVENTUDE EM MARCHA (155’), de Pedro Costa – 2006
16h30: TUDO REFLORECE: PEDRO COSTA, CINEASTA (TOUT REFLEURIT) (78’), de Aurélien Gerbault – 2006
19h: O SUL (EL SUR) (95’), de Víctor Erice – 1983
Sessão comentada por Pedro Costa.

12/02 (domingo)
14h: CAVALO DINHEIRO (104’), de Pedro Costa – 2014
16h30: Curtas-metragens de Pedro Costa: TARRAFAL | O NOSSO HOMEM | 6 BAGATELAS (60’) – 2007 – 2010 – 2001
19h: NO QUARTO DA VANDA (170’), de Pedro Costa – 2000
Sessão comentada por Patrícia Saramago e Pedro Costa

SERVIÇO | Mostra Ficção Viva Pedro Costa & Víctor Erice
Onde: CAIXA Cultural Curitiba, Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)
Quando: 8 a 12 de fevereiro de 2017 (quarta a domingo), 14h, 16h30 e 19h
Quanto: Entrada franca mediante retirada de ingressos na bilheteria 30 minutos antes de cada projeção
Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado, das 12h às 20h, domingo, das 13h30 às 19h)
Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)


[Fonte: www.aescotilha.com.br]

Um comentário:

  1. Um programa que não é deste mundo ..... não para seres deste mundo ...... parabéns

    ResponderExcluir